Libertadores Carioca – Entrevista Gustavo Braz

Fala ai povo de Arceus, estamos mais uma vez aqui na LOP-RJ e dessa vez trago para vocês os times e entrevistas dos jogadores que participaram da Libertadores Carioca 2013, onde os melhores jogadores do ano de 2012 se enfrentaram para saber quem era o melhor do ano. Quem levou a melhor nesse ano foi o nosso amigo Lucas Lucarios, levando mais uma vez o titulo para casa. Esse encontro aconteceu na casa do veterano Super Raichu no dia 16/03/2013, local este também conhecido como Arena do trovão.

Hoje começamos as nossas postagens especias da libertadores. Nesses postagens teremos os times dos 8 primeiros colocados e entrevista com os 4 finalistas e o primeiro é o nosso líder de ginásio Gustavo Braz.

Esse treinador veterano da LOP-RJ foi campeão do ranking de 2011, conquistou nessa libertadores o quarto lugar. Esse jogador de 27 anos faz uma ponte Rio-São Paulo e têm como pokémon favorito o Heracross.

Vamos a primeira entrevista da serie, com vocês o Gustavo Braz;

Libertadores Braz1

LOP-RJ:Quando começou a jogar Pokémon?

BRAZ: Tudo começou em 1999 quando assistia o Anime Pokémon na TV Cartoon Network, em 2000 um dia via nas bancas um disquete com esse jogo, desde então eu e a minha irmã Suzana Braz jogávamos com frequência no PC. No meu Aniversário de 15 anos, ganhei Game Boy Color e o Pokémon Red, então foi jogando de brincadeira viciante com meus amigos.

LOP-RJ: Por que começou a jogar Pokémon?

BRAZ: Comecei a jogar por curiosidade, mas com tempo virou um vício legal. Amo competições e jogar, independente de ganhar ou perder.

LOP-RJ: Como você descreveria o seu desempenho na LOP-RJ durante o Ano?

BRAZ: Minhas participações e desempenhos foram medianas, porque no começo de 2012 me mudei para São Paulo. Tive excelentes batalhas conquistando 2 Badges contra Thais e Lucarios em Março 2012 que eram disputas de Líder GYM pendente de 2011. Além disso, tive excelentes defesas como Líder GYM em Setembro de 2012 barrando Lucarios na Single e Xaruto & Parabous na Multi na Regra Monotype. Mas fiquei decepcionado por não ter sido Campeão em algum torneio como foi em 2011 que foi perfeita sendo Campeão do Ranking conquistando 3 badges, 8 Torneios e boas campanhas.

LOP-RJ:Os times que você enfrentou durante a libertadores estavam de acordo com o que você esperava?

BRAZ: Na maioria da fase de Grupos e nas Quartas-Finais eram times esperados. Os únicos times que não esperava eram do Lucarios, Aninha e Daniel Amado.

LOP-RJ: Qual foi a(s) surpresa(s) que você encontrou durante o torneio?

BRAZ: Foram do Lucarios que era Time Full Stall de protects para ver o adversário vai fazer, Aninha que tinha Latios com Quake e Mienshao e do Daniel Amado que tinha um Tyranitar com Thunder + Electric Gem para detonar Politoed de Drizze.

LOP-RJ: O que você espera dos torneios da LOP-RJ desse ano de 2013?

BRAZ: Terei ter grandes dificuldades, como disse agora eu moro em São Paulo. Minhas grandes chances são nos GYMs que irei defender como Líder GYM, porém não tenho esperança de ser ganhar Ranking devido à distância.

LOP-RJ:Mensagem para os treinadores.

BRAZ: Para entrar nessa competição, vocês tem que acreditar no seu taco. Joguem com frequência, criem suas próprias estratégias criativas e observem as batalha no canal da LOP-BR como fonte de inspiração nos seus futuros times. Não tenham medo de enfrentar jogares alto nível, se concentrem nas suas jogadas e se for possível use fone de ouvidos para evitar uma distração. O treinador tem ter coragem, ser criativo, predictar o seu oponente em uma batalha e principalmente acreditar na jogada independente da porcentagem de acerto, crítico ou esquiva. Para finalizar uma frase Motivacional que uso “Nada pode te deter, se você tiver fé!”.

Foi isso pessoal na quarta teremos o time do Braz, quais moves ele usou como foi feita a distribuição de elforts? Isso vocês ficaram sabendo na próxima quarta, até lá.

Anúncios

Sobre zurukparabous

I'm fan and sincere
Esse post foi publicado em Entrevistas e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Libertadores Carioca – Entrevista Gustavo Braz

  1. Admito que queria ter sido Campeão, mas vejo tudo como aprendizado e as evoluções. Em 2012 perdi nas quartas-finais para Thais com time muito +/-, agora esse ano até fui bem e melhor no metagame Single. Valeu pela entrevista ai Obrigado e parabéns aos 3 primeiros colocados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s