Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame

Olá amigos!

Depois de uma pausa de uma semana para nos reorganizarmos, trazemos hoje o retorno das análises de time.

  • Qual o motivo de termos feito uma pausa?

Bom, a partir desta semana quem irá escrever as análises será o nosso amigo “Bruno DK“, que faz parte da organização da LOP-RJ.

Portanto, a partir de hoje, teremos uma linguagem mais técnica (o que já dá pra ser notado nesta análise de hoje) e também, como acabaram os times de 4ª geração em nosso banco de dados, apenas serão publicados times da 5ª geração.

Esperamos que curtam essa análise! E semana que vem que tem mais! Não se esqueçam do nosso torneio, agora no Rio Anime Club, dia 25 de março!

  • Visão geral do time
Plano de jogo do time: Bater, correr, escapar, sabotar e ultrapassar. Esses são os principais conceitos desse time. Ao mesmo tempo em que tem uma preocupação em se ater às ameaças do metagame BW, os seis pokémon visam causar danos massivos a todo e qualquer tipo de estratégia. Notem que todos se defendem entre si com relação à todos os tipos de golpes que possam vir, além de ser um grupo bastante versátil e que usa de forma bastante eficiente o Team Preview, mesmo que alguns tipos de estratégia sejam bastante eficazes contra esse time (como mostrado mais abaixo). A seguir, uma visão mais detalhada do time

Togekiss (F) @ Choice Scarf

Habilidade: Serene Grace

EVs: 4 HP / 252 SAtk / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Air Slash

– Flamethrower

– Trick

– Thunder Wave

Sabotar e ultrapassar. Nesse Togekiss vemos a real proposta desses termos. De acordo com o que o dono do time possa ver no Team Preview, esse Togekiss pode adotar uma dessas duas táticas. Contra times mais defensivos, a função é usar Trick nos pokémon mais problemáticos do adversário e distribuir bad status em tudo o que puder. Note que no moveset existe a preocupação de se enfrentar pokémon do tipo Steel, por isso a ausência de Tri Attack e o a função de Flamethrower, especialmente contra Ferrothorn, uma vez que Frozen Solid e Burn não seriam de tanta ajuda. Caso não seja tão fácil a queda do adversário (especialmente em Chansey/Blissey), Paralyze + Flinch com Thunder Wave e Air Slash. Contra times ofensivos, uso e abuso do Choice Scarf contra pokémon rápidos e Trick em pokémon que precise de algum Setup Move para poder atacar de forma eficiente;

Chandelure (F) @ Choice Scarf

Habilidade: Flash Fire

EVs: 252 SAtk / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Flamethrower

– Shadow Ball

– Psychic

– Energy Ball

Chandelure é um dos pokémon mais aguardados para ser liberado no Dream World, e não é por menos, afinal, Shadow Tag é uma ability interessantíssima. Mas, enquanto ele não chega, o lustre macabro de Flash Fire dá conta do recado, especialmente contra pokémon que usam e abusam dos golpes do tipo Fire e Fighting. Apesar da fraqueza à Stealth Rock, consegue desempenhar até bem a função de Revenge Killer. Muito cuidado ao usar Shadow Ball e Psychic, para não ser surpreendido por Chansey/Blissey e Tyranitar, respectivamente. Pode servir também de isca, mas apenas no caso de Steaçth Rock não ser problema.

Conkeldurr (F) @ Toxic Orb

Habilidade: Guts

EVs: 252 HP / 252 Atk / 4 Def

Adamant Nature (+Atk, -SAtk)

– Drain Punch

– Mach Punch

– Stone Edge

– Facade

Um jogador previnido vale por dois. Como Volcarona e Dragonite são uma ameaça grande ao time, a escolha de Stone Edge no último golpe é bastante adequada. Conkeldurr tem a única função de distribuir danos massivos sem a necessidade de usar um item para tal, além de indiretamente sabotar outros pokémon que possam ter Trick. Uma opção interessante é Fling com o item Iron Ball, que causa danos mais massivos em Reuniclus e Slowbro (Fling com Iron Ball tem o poder de 130). No mais, Facade para um dano mais potente em Latios, Latias e no próprio Reuniclus.

Latios, um Pokémon Dragon / Psychic. Ótimo para times ofensivos.

Latios (M) @ Choice Specs

Habilidade: Levitate

EVs: 252 SAtk / 4 SDef / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Psyshock

– Draco Meteor

– Ice Beam

– Thunderbolt

Antes de tudo, é preciso ter noção de que esse moveset é parado integralmente por Tyranitar. Portanto, administre com bastante cuidado esse pokémon. Está no time apenas para causar danos mais massivos no adversário e usar de força bruta para nocautear aquele pokémon que possa estar causando problemas maiores ao time.

Rotom-W @ Choice Specs

Habilidade:  Levitate

EVs: 252 HP / 252 Def / 4 SAtk

Bold Nature (+Def, -Atk)

– Volt Switch

– Hydro Pump

– Shadow Ball

– Trick

Um dos pokémon mais enjoados do metagame também está presente nesse time. E não é para menos, Volturn (estratégia focada principalmente em Volt Switch e U-Turn) é uma das maiores ameaças ao metagame, e Rotom-W tem uma capacidade gigante de usá-la. Apesar de possuir uma distribuição de EVs mais defensiva (mostrando que o foco principal do pokémon é a sabotagem e checar o próximo movimento do adversário), causa danos bastante elevados, especialmente no que diz respeito a times de chuva. Uma boa pedida no moveset é Pain Split (para incomodar mais pokémon de Special Defense alta)/Thunderbolt (para um dano mais elevado)/Hidden Power Ice (para poder bater de forma mais eficiente em pokémon do tipo Dragon ou Grass (especialmente Dragonite e Celebi).

Scizor (F) @ Life Orb

Habilidade: Technician

EVs: 252 HP / 252 Atk / 4 Spd

Adamant Nature (+Atk, – SAtk)

– Swords Dance

– Bullet Punch

– Bug Bite

– Brick Break

E, por fim, Scizor, um pokémon que além de possuir um leque de defesas muito bom (leva super effective apenas de golpes tipo Fire), ainda é um pokémon que não é fácil de lidar, graças ao seu moveset. Caso sua intenção seja usá-lo em regra sem Recover Clause, Roost é bastante recomendável no lugar de Brick Break.
  • Balanço final
O que evitar com esse time: O time se dá relativamente bem contra Stall e dá um trabalho bastante árduo para Full Offense dar cabo dos seis pokémon. Mas, como nenhum time é perfeito, existem suas falhas. Bulky Offense (uso de pokémon com uma estratégia que pode se tornar ofensiva e defensiva ao mesmo tempo, dependendo da luta) é um dos principais temores desses seis pokémon. Times focados em Sandstorm (apesar da presença de Conkeldurr) também dão problemas grandes para esse time. Sun Teams (especialmente acompanhados de Wobbufet e Dugtrio) são altamente tensos também, talvez a principal fraqueza desses sexteto, principalmente pela ausência de Stealth Rock no grupo.
Esperamos que tenham gostado desta análise. Semana que vem tem mais uma!
Esse post foi publicado em Análises e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame

  1. Gustavo Braz disse:

    Quantos pokemons de Choice Scarf ou Choice Specs, bem arriscado e forte. Continue assim!!!!!

  2. Pingback: Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame « LOP – Liga Oficial Pokémon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s