Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame

Olá amigos!

Depois de uma pausa de uma semana para nos reorganizarmos, trazemos hoje o retorno das análises de time.

  • Qual o motivo de termos feito uma pausa?

Bom, a partir desta semana quem irá escrever as análises será o nosso amigo “Bruno DK“, que faz parte da organização da LOP-RJ.

Portanto, a partir de hoje, teremos uma linguagem mais técnica (o que já dá pra ser notado nesta análise de hoje) e também, como acabaram os times de 4ª geração em nosso banco de dados, apenas serão publicados times da 5ª geração.

Esperamos que curtam essa análise! E semana que vem que tem mais! Não se esqueçam do nosso torneio, agora no Rio Anime Club, dia 25 de março!

  • Visão geral do time
Plano de jogo do time: Bater, correr, escapar, sabotar e ultrapassar. Esses são os principais conceitos desse time. Ao mesmo tempo em que tem uma preocupação em se ater às ameaças do metagame BW, os seis pokémon visam causar danos massivos a todo e qualquer tipo de estratégia. Notem que todos se defendem entre si com relação à todos os tipos de golpes que possam vir, além de ser um grupo bastante versátil e que usa de forma bastante eficiente o Team Preview, mesmo que alguns tipos de estratégia sejam bastante eficazes contra esse time (como mostrado mais abaixo). A seguir, uma visão mais detalhada do time

Togekiss (F) @ Choice Scarf

Habilidade: Serene Grace

EVs: 4 HP / 252 SAtk / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Air Slash

– Flamethrower

– Trick

– Thunder Wave

Sabotar e ultrapassar. Nesse Togekiss vemos a real proposta desses termos. De acordo com o que o dono do time possa ver no Team Preview, esse Togekiss pode adotar uma dessas duas táticas. Contra times mais defensivos, a função é usar Trick nos pokémon mais problemáticos do adversário e distribuir bad status em tudo o que puder. Note que no moveset existe a preocupação de se enfrentar pokémon do tipo Steel, por isso a ausência de Tri Attack e o a função de Flamethrower, especialmente contra Ferrothorn, uma vez que Frozen Solid e Burn não seriam de tanta ajuda. Caso não seja tão fácil a queda do adversário (especialmente em Chansey/Blissey), Paralyze + Flinch com Thunder Wave e Air Slash. Contra times ofensivos, uso e abuso do Choice Scarf contra pokémon rápidos e Trick em pokémon que precise de algum Setup Move para poder atacar de forma eficiente;

Chandelure (F) @ Choice Scarf

Habilidade: Flash Fire

EVs: 252 SAtk / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Flamethrower

– Shadow Ball

– Psychic

– Energy Ball

Chandelure é um dos pokémon mais aguardados para ser liberado no Dream World, e não é por menos, afinal, Shadow Tag é uma ability interessantíssima. Mas, enquanto ele não chega, o lustre macabro de Flash Fire dá conta do recado, especialmente contra pokémon que usam e abusam dos golpes do tipo Fire e Fighting. Apesar da fraqueza à Stealth Rock, consegue desempenhar até bem a função de Revenge Killer. Muito cuidado ao usar Shadow Ball e Psychic, para não ser surpreendido por Chansey/Blissey e Tyranitar, respectivamente. Pode servir também de isca, mas apenas no caso de Steaçth Rock não ser problema.

Conkeldurr (F) @ Toxic Orb

Habilidade: Guts

EVs: 252 HP / 252 Atk / 4 Def

Adamant Nature (+Atk, -SAtk)

– Drain Punch

– Mach Punch

– Stone Edge

– Facade

Um jogador previnido vale por dois. Como Volcarona e Dragonite são uma ameaça grande ao time, a escolha de Stone Edge no último golpe é bastante adequada. Conkeldurr tem a única função de distribuir danos massivos sem a necessidade de usar um item para tal, além de indiretamente sabotar outros pokémon que possam ter Trick. Uma opção interessante é Fling com o item Iron Ball, que causa danos mais massivos em Reuniclus e Slowbro (Fling com Iron Ball tem o poder de 130). No mais, Facade para um dano mais potente em Latios, Latias e no próprio Reuniclus.

Latios, um Pokémon Dragon / Psychic. Ótimo para times ofensivos.

Latios (M) @ Choice Specs

Habilidade: Levitate

EVs: 252 SAtk / 4 SDef / 252 Spd

Timid Nature (+Spd, -Atk)

– Psyshock

– Draco Meteor

– Ice Beam

– Thunderbolt

Antes de tudo, é preciso ter noção de que esse moveset é parado integralmente por Tyranitar. Portanto, administre com bastante cuidado esse pokémon. Está no time apenas para causar danos mais massivos no adversário e usar de força bruta para nocautear aquele pokémon que possa estar causando problemas maiores ao time.

Rotom-W @ Choice Specs

Habilidade:  Levitate

EVs: 252 HP / 252 Def / 4 SAtk

Bold Nature (+Def, -Atk)

– Volt Switch

– Hydro Pump

– Shadow Ball

– Trick

Um dos pokémon mais enjoados do metagame também está presente nesse time. E não é para menos, Volturn (estratégia focada principalmente em Volt Switch e U-Turn) é uma das maiores ameaças ao metagame, e Rotom-W tem uma capacidade gigante de usá-la. Apesar de possuir uma distribuição de EVs mais defensiva (mostrando que o foco principal do pokémon é a sabotagem e checar o próximo movimento do adversário), causa danos bastante elevados, especialmente no que diz respeito a times de chuva. Uma boa pedida no moveset é Pain Split (para incomodar mais pokémon de Special Defense alta)/Thunderbolt (para um dano mais elevado)/Hidden Power Ice (para poder bater de forma mais eficiente em pokémon do tipo Dragon ou Grass (especialmente Dragonite e Celebi).

Scizor (F) @ Life Orb

Habilidade: Technician

EVs: 252 HP / 252 Atk / 4 Spd

Adamant Nature (+Atk, – SAtk)

– Swords Dance

– Bullet Punch

– Bug Bite

– Brick Break

E, por fim, Scizor, um pokémon que além de possuir um leque de defesas muito bom (leva super effective apenas de golpes tipo Fire), ainda é um pokémon que não é fácil de lidar, graças ao seu moveset. Caso sua intenção seja usá-lo em regra sem Recover Clause, Roost é bastante recomendável no lugar de Brick Break.
  • Balanço final
O que evitar com esse time: O time se dá relativamente bem contra Stall e dá um trabalho bastante árduo para Full Offense dar cabo dos seis pokémon. Mas, como nenhum time é perfeito, existem suas falhas. Bulky Offense (uso de pokémon com uma estratégia que pode se tornar ofensiva e defensiva ao mesmo tempo, dependendo da luta) é um dos principais temores desses seis pokémon. Times focados em Sandstorm (apesar da presença de Conkeldurr) também dão problemas grandes para esse time. Sun Teams (especialmente acompanhados de Wobbufet e Dugtrio) são altamente tensos também, talvez a principal fraqueza desses sexteto, principalmente pela ausência de Stealth Rock no grupo.
Esperamos que tenham gostado desta análise. Semana que vem tem mais uma!
Anúncios
Esse post foi publicado em Análises e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame

  1. Gustavo Braz disse:

    Quantos pokemons de Choice Scarf ou Choice Specs, bem arriscado e forte. Continue assim!!!!!

  2. Pingback: Análise de times #028 – Zoro – Campeão Single – Série “B” – LOP-RJ 2012 – Janeiro – OU Metagame « LOP – Liga Oficial Pokémon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s